21 de fev. de 2023

519) Simbologia Carnavalesca

  

Simbologia Carnavalesca

Mônica Clemente (Manika)

@constelacao_mitologica

@manika_constelandocomafonte

 

Os festejos carnavalescos nos colocam na pele um do outro, como aqueles ritos de passagem de uma vida para outra.

 

A moça trabalhadora é a rainha da bateria. O homem grandão veste sainha de mocinha. E a menina rica é um dos garis desfilando na avenida.

 

Fronteiras são rompidas mostrando o teatro das vidas ao som da bateria. Um portal do tempo, feito por xamãs e feiticeiros, fantasiado de instrumento musical.

 

A festa da carne também tem uma função psicológica. A de nos confrontar com a finitude da carne e sua potência regenerativa. 

 

As procissões das escolas de Samba que o digam! Por quatro dias florescem seus enredos de heróis e heroínas, do dia a dia virando mitologias para tudo acabar em cinzas.

 

Ahhh, ciclos da vida…  por que nos apegamos ao que não fica?

 

Fora as homenagens aos excluídos, representados nos blocos e músicas, que precisam ser cumpridas nas ações mais simples de todo o dia.

 

Então, nestes dias de folia coletiva, se coloca o bloco na rua dos monstros, gigantes, ancestrais e deuses para ressaltar, com o contraste, o nosso singelo parentesco de sangue com todos os que um dia estiveram aqui fazendo sua jornada mítica e humana.

 

Com todos os que estão ao nosso lado, ou até em nós mesmos, como reis e rainhas e a gente não vê, não dá um lugar e não escuta.

 

E com aqueles que um dia virão botar para ferver, quando não estivermos mais aqui com as nossas fantasias.

 

Viva a folia!

 

——-

 

Na foto a Rainha de bateria da Mangueira, Evelyn Bastos (maravilhosa), reverencia sua ancestralidade com fantasia em homenagem Iansã.

 

Mônica Clemente (Manika)

 

#carnaval #festadacarne #iansã #desfilesamba #ancestrais #ritos #Mitologia #reencarnação #mangueira #evelynbastos  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

576) Os Presentes dos Reis Magos e dos Astrólogos

  Os Presentes dos Reis Magos e da Astrologia Mônica Clemente (Manika) Quem nasce ganha presentes. A começar pela vida, pelos pais, irmã...