21 de dez. de 2022

503) Quando Tudo começa a dar certo...

 

Quando tudo começa a dará certo...

Mônica Clemente (Manika)

 

Quando tudo começa a dar certo, algo se libertou. Como se libertou? Sintonizando os desejos com a missão. Como se faz isso? Se libertando… 

 

A liberdade é sentida como fluidez. E tudo flui quando alguém sincroniza o seu desejo com a sua missão. Não a sua missão com os seus desejos, nem os seus desejos com o medo, como Freud observou.

 

Esta pessoa passou a desejar o caminho que a deseja.

 

Qual a força de alguém que nasceu com uma missão que despreza? Que não a reconhece como o desejo mais profundo da sua alma?  Imagina nascer para ficar rica temendo a própria ideia da riqueza?

 

Como sintonizar o desejo com a missão, então?

 

Para o Tantra Yoga, que é o caminho da libertação da ignorância, basta ter o desejo de se lembrar quem é.

 

Ignorância, aqui, se refere aos preconceitos e à falta de conhecimento sobre si mesmo e o mundo, a ponto de levar o tântrico a não cumprir a sua missão. Missão, neste caso, é caminhar de acordo com a sua bem-aventurança, que é o próprio desejo do caminho pelo caminhante. 

 

Quando uma pessoa é iniciada, gratuitamente, na meditação tântrica da Ananda Marga, por exemplo, o seu mantra pessoal começa a cutucar a sua ignorância: tudo o que a impede de ser feliz.

 

Ao final da meditação, ela faz o Gurupuja, a prática de se entregar e entregar a sua “ignorância” a uma força maior. Como só o Gurupuja não dá conta das expurgações que surgirão, depois das meditações, na forma de medos, angústia, karmas negativos, ilusões, preconceitos etc.. chega um tipo especial de sonho.

 

Este tipo de sonho é outra estratégia gratuita dada ao buscador. Nele, tem orientações e a própria FORÇA para realização dos desejos da alma.

 

Para ativar esta força, é preciso uma interpretação adequada do sonho, feita por um bom psicanalista, libertando o sonhador dos medos dos seus desejos.

 

Aqui nada é gratuito. A libido do buscador precisa bancar esta etapa do processo, se ele quiser. Quando a interpretação atinge o alvo, algo se liberta e é realizado no mundo, dando a sensação de fluidez.

 

Então, não basta desejar. É preciso que a Lua na gota de orvalho deseje (como) quem a deseja por trás do Luar.

 

Mônica Clemente (Manika)

@manika_constelandocomafonte

 

#prsarkar #sonhos #tantra #libido #desejo #medo #psicanalise #Freud #Meditacao #yoga

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

576) Os Presentes dos Reis Magos e dos Astrólogos

  Os Presentes dos Reis Magos e da Astrologia Mônica Clemente (Manika) Quem nasce ganha presentes. A começar pela vida, pelos pais, irmã...