22 de mai. de 2023

542) Corpos Felizes e Mitologia

 
Corpos Felizes

Mônica Clemente

@cosntelacoes_mitologicas

Cinema e Constelação Familiar


Por que querem nos entristecer

confinando os nossos corpos?

 

 

Na maioria das vezes, a tristeza é o confinamento do corpo

 

Como no mito de Pigmaleão, no qual o rei de Chipre, desgostoso com as mulheres, opta pelo celibato esculpindo a mulher ideal, Galateia, em marfim.

 

Um dia, com pena do rei, Afrodite dá vida à ela, como acontece com todos que se fixam em um ideal negando a realidade dos seus desejos.

 

Este mito tem sido retratado no teatro e no cinema, como um aviso para não nos entristecermos com ideais de perfeição:

 

Na peça “Pigmaleão” de Bernard Shaw, que se tornou o filme “My Fair Lady” (1965), um homem aposta que pode transformar uma mulher pobre e espontânea em uma senhora da alta sociedade, não importando se o jogo vai ferir os seus sentimentos e impedir o amor entre os dois. 

 

A mesma situação reaparece em “A Mulher Invisível”, no qual o personagem do Selton Melo cria uma mulher, em sua imaginação, para não confrontar suas frustrações nos relacionamentos amorosos. 

 

E em “Mulheres Perfeitas”, no qual a personagem de Glenn Close dá uma reviravolta nas exigências dos maridos sobre os corpos e atitudes das suas esposas.

 

E no ego frágil de alguns homens que não toleram a imperfeição humana feminina, o que faz algumas mulheres se defenderem, sonhando em ser salvas por um príncipe que tem um sapatinho apertado como modelo da mulher ideal. 

 

Este enredo mitológico também está nas 1000 horas de academia depois de comer 1 caloria a mais das 100 permitidas. 

 

No jejum intermitente e a consequente fúria da hipoglicemia advinda. 

 

Nas carteiras enfileiradas, nas quais sentam crianças cheias de energias até seus corpos entristecerem tornando suas mentes agitadíssimas.

 

Nas expectativas e exigências desmedidas nos relacionamentos. Ou na falta delas para ser aceita de qualquer maneira. Etc..

 

Embora Galateia tenha ganhado vida no mito, uma pedra esculpida não fala, como Michelangelo comprovou dando uma martelada em sua obra prima “Moisés”.

 

“Por que não falas?” gritava o artista, desesperado por transformar em amigo quem ele mesmo esculpiu.

 

Mônica Clemente (Manika)

@manika_constelandocomafonte

@constelacoes_mitologicas

 

______

Constelações Mitológicas – é a Constelação familiar do seu script de vida. O seu Conto de Fada ou Mito preferido revela o script de vida, ou o enredo familiar que vem influenciando a sua vida inconscientemente. A partir desta descoberta, fazemos a Constelação Familiar, online se você não estiver no Rio de janeiro,  desta temática. Criei esta metodologia em 2011 e a aplico em grupos e individualmente desde 2013. Se quiser mais Informações, só me escrever pelo email: manika@manika.com.br

 

 

#Pigmaleão  #michelangelo #cinderela #familienstellen #constelacaofamiliar 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

576) Os Presentes dos Reis Magos e dos Astrólogos

  Os Presentes dos Reis Magos e da Astrologia Mônica Clemente (Manika) Quem nasce ganha presentes. A começar pela vida, pelos pais, irmã...