Bert and Sophie Hellinger

     
                     Bert e Sophie Hellinger 2013, Bad Reichenhall


     Bert Hellinger, aquele que nos levou à FONTE que nos guiam nas Constelações Familiares, é um filósofo alemão, formado também em teologia e psicologia. É o criador desta nova abordagem sistêmica terapêutica chamada Nova Constelação Familiar, e que expandiu e aprofundou sua abordagem com a ajuda de Sophie Hellinger. Para maiores informações, por favor entre em sua página oficial: Bert and Sophie Hellinger

     Sobre a postura do Constelador:


   A postura do constelador  diante do sistema familiar do constelando é a atitude fenomenológica: colocar-se diante da realidade sem intenções, medo, compaixão ou modelos reproduzíveis. Esta disposição de se deixar  afetar, respeitando os limites do mistério, implica sempre em um novo risco como em uma espera para a compreensão se revelar. Não há um mapa conduzindo o constelador, mas uma renúncia que não tem querer, saber ou temor  diante do movimento do Campo que se abre.

      O constelador  “olha para aquilo que une, atrás de tudo o que aparece e é apoiado e conduzido por aquilo que é a base e limite de todo o querer. Na verdade, traz à luz, o último. Por isso uma terapia só se completa quando traz este último à luz e quando une na profundeza alguém com este último. Aqui a verdade se torna um acontecimento e se completa na ação" (Hellinger, 2007:25).

    Como diz Bert e Sophie Hellinger: "ao se deixar ser levado por novas portas e planos vislumbrando o que é ser humano,  a postura atual do constelador se estabelece no centro, ou é "MEDIAL" - "deixar ser guiado a partir do centro para o 'Novo e Desconhecido' " (2013).

Nenhum comentário:

Postar um comentário