15 de jul. de 2022

463) Laços de Amor, Pertencimento e o Sucesso - Fragmento de um texto do Bert Hellinger

 

Laços de Amor e o Pertencimento 

Texto de Bert Hellinger

 Bert Hellinger descobriu 3 princípios que mantém o amor fluindo nas relações humanas.  

1.    Pertencimento

2.    Ordem (hierarquia, precedência e prioridade) 

3.    Equilíbrio nas Trocas (Dinâmicas entre o Dar e Receber)  

Eles atuam como a gravidade, acreditando neles ou não.  Neste texto, Hellinger comenta sobre os desdobramentos do pertencimento e como nos apoiamos nele para seguir em frente ou não. 

 

"Estamos todos ligados às nossas famílias por um amor muito profundo.  

Por este amor as crianças estão prontas a sacrificar tudo. Se soubéssemos isto, compreenderíamos as crianças. Elas até estão prontas a sacrificar as suas vidas se pensarem que vão ajudar os pais com isso. 

E querem ser como os seus pais. Esta é a razão porque podemos observar que em certos sistemas sociais, digamos classes sociais, aqueles da classe mais baixa não a querem deixar, porque não ousam fazer melhor do que os seus pais. 

Podemos ver que numa sociedade onde há oportunidades iguais para todos, aqueles da classe mais baixa, frequentemente não aproveitam as oportunidades por amor aos seus pais. Não ousam estar acima dos pais. 

Só o farão com a concordância deles, por exemplo se disserem aos pais:  

“Se eu fizer melhor que você, provarei a todos como você é bom.” 

Assim, por amor aos seus pais, a criança pode fazer isto. Mas se alguém diz: “Vou provar que sou melhor que você”, irá falhar pouco tempo depois, porque a criança dentro dele não pode tolerar ser melhor que os pais."  

Bert Hellinger

 

            É como se uma semente desprezasse toda a potência da árvore que há dentro dela. Como se fosse possível colocar a natureza contra a primavera.

Mônica Clemente (Manika)

@manika_constelandocomafonte

 

#ordensdoamor #familienstellen #criança #constelacaofamiliar #BertHellinger #Mãe #Pai #laçosdeamor  #Pertencimento 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

472) Papai, você se importa se eu sempre amar você?

  Ilustração Snezhana Soosh Papai, você me ama? Mônica Clemente (Manika)   Mesmo quando eu acordo chorando pela minha mãe antes do Sol...