29 de jun. de 2022

457) Ninguém Vê o Próprio Rosto sem a Ajuda de um Espelho

 

 Ninguém Vê o Próprio Rosto sem a Ajuda de um Espelho
Mônica Clemente (Manika)


É verdade que depois de uma idade podemos fazer muitas coisas sozinhos. Inclusive refletir sobre o mundo e si mesmo. 

 

Ninguém consegue fazer isso, no entanto, sem o reflexo de tudo e todos que estão em seu entorno.

 

Podemos também ver os nossos seios, barriga, sexo, coxas e pés com os nossos próprios olhos.

 

Mas se quisermos ver o nosso rosto, precisaremos da ajuda de um espelho. E se quisermos ver as nossas costas, precisaremos de dois deles. 

 

Da mesma forma, os relacionamentos, as terapias, as estações do ano e os seres da natureza. Eles mostram algo que não conseguiríamos ver sozinhos.

 

Ainda assim achamos que podemos tudo.

 

Sendo que morreremos sem que os nossos olhos vejam o nosso rosto diretamente, mesmo que a gente possa ver as outras pessoas por inteiro.

 

Acho que esta é a expressão máxima da conexão entre todos os seres. 

 

Somos incapazes de nos enxergarmos totalmente, o que nos torna dependentes.

 

Ao mesmo tempo, podemos ver nossos filhos desde o ultrassom até a maioridade, os amigos e os outros seres. 

 

O que temos feito com este poder de ser os espelhos dos outros? 

 

Temos esquecido que eles também são os nossos espelhos?

 

Se tudo for destruído, nunca mais nos veremos. E se tentarmos nos ver sem ajuda, não nos enxergaremos. 

 

É por isso que o “eu” mora no peito, onde o nosso dedo aponta e a nossa visão pode alcançar. 

 

Já o “nós” está na troca de olhar. 

 

 

#conexoesocultas #conexoessutis #alteridade #eutevejo #precisodevoce #ajuda #vulnerabilidade #nós #ego #dependenciapositiva #espelho #espelhar 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

472) Papai, você se importa se eu sempre amar você?

  Ilustração Snezhana Soosh Papai, você me ama? Mônica Clemente (Manika)   Mesmo quando eu acordo chorando pela minha mãe antes do Sol...