25 de abr. de 2022

444) Os Arquétipos de São Jorde e o Dragão em seu Mapa Astral

 


No seu mapa astral existem dois pontos, opostos entre si, do encontro da órbita da Lua com a órbita do Sol.

 

Eles se chamam cauda e cabeça do Dragão ou Nódulos da Lua, onde passado e futuro cozinham seu presente até uma transformação. 

 

Data Estelar 23 de Abril, quando a imagem de São Jorge lutando contra o Dragão ativará a jornada de autoconhecimento, uma vez que o Bichano é filho do beijo da Terra com o Ar, uma das atmosferas onde se pode morar. 

 

Assim, a imagem de suas asas de Águia (Ar) com o seu ventre rastejante de Serpente (Terra ou Água), aciona no inconsciente a vontade de encontrar um lar, especificamente.

 

A paz da Resolução de um Conflito ou o próprio desafio, se não queremos encará-lo. Quer dizer, o Protetor Mítico da Caverna dos nossos tesouros ocultos, que tememos entrar, precisa ser encarado antes de se render. 

 

Ser “vencido” (incorporado), para se tornar a Montaria dos Imortais, qualidade dos que pararam de lamber as feridas para trilharem o seu caminho.

 

Afinal, o processo de autoconhecimento não é o eterno reconhecimento do mal sofrido, mas o reconhecimento do próprio lado terrível, sem cair na autocomiseração. 

 

O verdadeiro buscador encara suas feridas, potências, fraquezas e o seu lado tenebroso sem se julgar e se desculpar, para dar outro destino àquela força inconsciente e seguir em frente, como faz São Jorge, guardião do Luar.

 

No Mapa Astral, a cauda do Dragão revela exatamente isso: as descompensações cometidas que não se quer confrontar.

 

E a cabeça do Dragão é a sede do futuro lar, depois de triunfar sobre a fixidez de hábitos ultrapassados.

 

Na Astrofenomenologia ®, os Nódulos da Lua (a Cauda e a Cabeça do Dragão), são  os pontos que mais revelam os “vícios” de caráter que não podemos delegar aos ancestrais. Ou justificá-los pelo que sofremos. 

 

Como, por exemplo, o nódulo Sul em Libra, que aprendeu a amar, mas se esqueceu de se responsabilizar por si mesmo (N. Norte em Áries).

 

Ou o nódulo Sul em Sagitário que achou que a liberdade era mais importante que os laços afetivos (N. Norte em Gêmeos), podendo acabar sozinho.

 

Ainda bem que o Dragão é o Guardião da Caverna que se pode entrar.


@astrofenomenologia - Soluções astrológicas com a fenomenologia da Constelação Familiar. 


Se quiser informações sobre este atendimento, me escreve pelo 

manikastrologia@gmail.com 

 

Mônica Clemente (Manika)

 

#astrofenomenologia #astrologia #Mitologia #SãoJorge #dragão

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

449) Os Ensinamentos de Vaisakha Purnima

Lua Cheia da Bem-Aventurança   Mônica Clemente (Manika)   Você pode conversar diretamente com a Lua como um aprendiz. Ela vai ensinar ...