25 de abr. de 2022

443) Culturas e Cosmovisões Indígenas

 


Dia da Diversidade Indígena

 

Hoje é dia de andar nua sobre a Terra Sagrada. De escutar as Montanhas desaguando num rio, até a seiva da Árvore que diz: “não me fira! Sou sensível.”

 

Hoje e todos os dias é dia de usar poucas pedras, só as necessárias e deixar a Alvorada me acordar devagarinho. Hoje é dia de fazer amor com todas as estrelas sob a luz do Luar, me conectando com todas as ideias que me façam viver o infinito amar.

 

Hoje e todo dia é dia de reverenciar e saudar os diversos povos originários que estão aqui, nesta terra, desde antes da sua bárbara colonização.

 

É dia de aprender novas formas de compreensão do mundo, da vida e das subjetividades, para que nosso intelecto se libere da doença do individualismo.

 

Vou começar com @_ailtonkrenak e o Ciclo Selvagem deEstudos com a fala sobre Sonhos, no Youtube, com SidhartaRibeiro.

 

E apoiando as Escolas Vivas em @selvagem_ciclodeestudos 

 

Hoje e sempre, é dia de novas cosmovisões com Davi Kopenawa Yanomami e seu livro “A Queda do Céu”

 

Com @kaka.wera e seus livros e cursos, principalmente o  livro “A Terra dos Mil Povos”

 

É dia, todo dia, de ler o escritor @danielmundurukuoficial e de ser arrebatada pelas obras e sobreposições de mundo do artista Jaider Esbell , um dos pilares da Bienal de São Paulo. E pelos murais de @daiaratukano na selva de pedra. 


De apoiar as lutas dos povos  indígenas  na câmera. Garantindo que o roubo de suas Terras e assassinatos dos seus entes queridos, por centenas de anos, parem e sejam minimamente compensados com a demarcação das suas terras e direitos. 

 

Por isso, todo dia é dia de aprender com a deputada @joeniawapichana , que não representa “apenas” os povos originários, mas todos nós.

 

É dia de reler a carta do sábio Chefe Seattle e as cartas dos líderes ameríndios no livro “Pés nus sobre a terra sagrada”

 

De baixar a cabeça até tocar a testa no solo bem-aventurado da Natureza, com seu cheiro úmido e folheado e agradecer.

 

Obrigada, Povos Originários!




Obra de @jaider_esbell 

 

Mônica Clemente (Manika)

 

#DiaDosPovosOriginários #AiltonKrenak #DanielMunduruku #JaiderEsbell #DaiaraTukano #JoeniaWapichana #KakáWerá #CicloSelvagem #EscolasVivas 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

449) Os Ensinamentos de Vaisakha Purnima

Lua Cheia da Bem-Aventurança   Mônica Clemente (Manika)   Você pode conversar diretamente com a Lua como um aprendiz. Ela vai ensinar ...