27 de fev. de 2022

424) Eros, Ágape e o Amor Pessoal até o Casamento

 


Existe 3 tipos de Amor:

Eros que é um amor impessoal buscando os parceiros para resolver algo que os ultrapassa.

Ágape que é o amor universal que diz “ama teu próximo como a ti mesmo”.

E o Amor pessoal, quando alguém em sintonia fina com o que a guia, fica apta para reconhecer Eros, Ágape e o Amor.

Segundo os trovadores do século XII, o amor pessoal começa pelos olhos até atingir o coração.

No mito de Eros e Psique, Afrodite é quem instrui Eros a buscar Psique vendada para sacrificá-la.

Ele se apaixona pela mortal, que não o vê. Quando ela resolve enxergar Eros, descobre que o ama de verdade e sua jornada de autoconhecimento se inicia.

Este mito começa com o aspecto coletivo do amor, representado pela deusa Afrodite, mãe de Eros, tentando resolver algo por meio do seu filho, que ultrapassa os amantes.

E “termina” no amor pessoal, quando Psique, uma mortal, ao descobrir o Amor, se desenvolve a partir dele, transformando o próprio deus Eros.

Em outra lenda medieval, o amor pessoal dos mortais já é possível sem interferência dos deuses, mas ainda não pode se concretizar no casamento.

Ainda assim, Tristão e Isolda não aceitam violar o coração em nome das regras da época, que forçava Isolda a se casar com outro homem para manutenção do poderio de suas famílias.

O amor pessoal, então, começa no Ocidente no século XII, nas canções dos trovadores, mas só será um tema do casamento no século XX.

Ou seja, ter a “permissão” do estado, igreja, cultura, família e, principalmente, de si mesmo para se casar por amor é muito novo, corajoso e uma provação.

Porque o casamento por amor se sintoniza com a própria vida. Se houver dor no amor é a dor da própria vida.

Então, como disse Joseph Campbell, “qualquer caminho que eu escolha, deve ser escolhido nesses termos; ninguém nem nada deve assustar-me e demover-me da escolha. Não importa o que aconteça, isso é a validação de minha vida e da minha ação.”

Mônica Clemente (Manika)

@constelacoes_mitologicas

#JosephCampbell #Eros #Psique #Mito #Mitologia #amor #Tristão #Isolda #Casamento #constelaçõesmitológicas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

449) Os Ensinamentos de Vaisakha Purnima

Lua Cheia da Bem-Aventurança   Mônica Clemente (Manika)   Você pode conversar diretamente com a Lua como um aprendiz. Ela vai ensinar ...