8 de fev. de 2022

417) As 4 Mulheres Eternas segundo Toni Wolff

 


Como dia 2 de fevereiro, no Brasil, é dia de Janaína, um dos arquétipos que representam a Grande Mãe, vamos falar sobre o giro de 4 arquétipos femininos.

Em seu artigo "Structural Forms of the Feminine Psiche", a analista Junguiana Toni Wolff desenvolve o modelo quaternário da psique feminina:

·      Mãe X Amante,

·      Amazona X Mediatriz

Com ele, procura entender como cada uma das imagens eternas impacta a personalidade de uma mulher, sem encerrá-la nestes moldes.

🧜 A mulher tomada pelo arquétipo da Mãe se realiza no cuidado pela vida. E se desorganiza como a salvadora. Ela é a polaridade complementar da Amante.

💃🏿 A Amante se realiza nas relações de casal. E se desorganiza ao esquecer de si pelo amante. Quando ela atua na consciência da mulher, a Mãe fica na sombra. E vice-versa.

🎓 A Amazona se realiza com sua vocação e se desorganiza esquecendo do seu corpo/natureza. Sua polaridade é a Mediatriz.

🧙️A Mediatriz se realiza pelo autoconhecimento e se desorganiza no isolamento. Se ela é o principal arquétipo, a Amazona fica na sombra. E vice-versa.

Para encontrar o seu modelo quaternário, veja qual arquétipo direciona seu amor mais fortemente. Logo, se ele é o seu 1º arquétipo, o oposto dele é o seu 4º.

Agora, veja qual dos outros 2 arquétipos polares é o 2º mais forte em você. A polaridade dele é o seu 3º arquétipo.

Normalmente, temos 1 arquétipo forte, e desenvolvemos os outros 3 ao longo da vida até atingir o centro da psique, o Self. No entanto, se uma mulher se fixar em um, se esvazia de si mesma.

Por exemplo, uma mulher tomada pelo arquétipo da Mãe não deixa seus filhos crescerem, porque tem que atuar a mãe eternamente. Sem ele, ela perde a referência, já que perdeu o giro até seu centro.

Neste caso, uma pessoa nem se dá conta da necessidade de fazer terapia. Não adianta insistir. Mas se ela ficar presa numa polaridade, Mãe X Amante ou Amazona X Mediatriz, Buscará terapia, como Psique foi às sombras de si mesma, com 4 tarefas, em busca de Eros para renascer.

Ou seguirá seu coração, como naquele verso de Neruda que diz:

"Eu te amo como aquelas coisas escuras são para ser amadas, em segredo, entre a sombra e a alma.”

Mônica Clemente (Manika)

#Yemanjá #ToniWolff #Jung #Mulher #ModeloQuaternário #Deusas


Nenhum comentário:

Postar um comentário

449) Os Ensinamentos de Vaisakha Purnima

Lua Cheia da Bem-Aventurança   Mônica Clemente (Manika)   Você pode conversar diretamente com a Lua como um aprendiz. Ela vai ensinar ...