27 de dez. de 2021

402) Papai Noel não tem Inveja do Feminino

 


Papai Noel não tem inveja do feminino

Mônica Clemente (Manika)

 

Eu acho que todas nós, um dia e até uma vida inteira, já passamos por humilhações por sermos mulheres. Algumas, inclusive, acreditaram, por uma questão de sobrevivência, que eram inferiores.

 

Nos mais de 60 anos de divã, meu analista observou que homens e mulheres são maravilhosos, porém, diferentes. Também, que alguns homens têm inveja das mulheres, por se sentirem inferiores (sem ser) diante do milagre que veem nelas:

 

A capacidade de amarem, nutrirem vínculos, engravidarem, amamentarem, serem inteligentes, ágeis e muito mais. Como se tudo isso não exigisse algo delas.

 

Inconscientemente, para alguns, estas características tornam as mulheres deusas, que não precisam dos homens a não ser pelas suas capacidades reprodutivas. Uma fantasia primitiva que se cumpre na prática, quando eles se apaixonam. E quando as suas mães os amam(entam), suas mulheres os abraçam de corpo inteiro e engravidam, levando o amor deles em frente.

 

Para contrabalançar o sentimento de inferioridade, se armam com haréns e criam mundos onde as mulheres não têm vez.  Nos atacam, ao invés de desenvolverem seus potenciais amorosos. Meu analista disse que se livrou de suas inseguranças cuidando com amor da esposa, filhos e pessoas. Pareando com a gente.

 

Isso me fez lembrar do arquétipo do Papai Noel (contrapondo, radicalmente, Krampus, gênio que o acompanha na tradição europeia punindo as crianças “más”). Ele foi inspirado na bondade de São Nicolau ( Imagem ao dinal do texto) que, com laços de fitas, nos dá pistas:

 

Sua barriga, que não compete com a gravidez feminina, fala da bonança masculina.

 

Seus presentes, me desculpe a grosseria, não só fertiliza: cuida, apoia e se faz presente.

 

Sua vestimenta vermelha não é a Lua feminina, mas a conexão com a sua ancestralidade masculina, que lhe dá autoestima para ser um bom parceiro.

 

Suas botas não fazem guerras. Vão ao encontro. E o seu nome, Papai Noel, é uma baita dica: em 2020, 5,5 milhões de filhos brasileiros não foram reconhecidas pelos pais (IBGE). Quem bom se eles recuperassem a autoestima e se fizessem presentes.

 

Feliz natal a tod@s!

 

Mônica




 

#FelizNatal #PapaiNoel #SãoNicolau #Mãe #Pai #Autoestima 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

456) Olhos da Percepção - Fenomenologia Hellingeriana

  Ilustração de Charlotte Edey Olhos da Percepção   - Fenomenologia Hellingueriana Mônica Clemente (Manika) Por que deixamos as imagens fa...