3 de set. de 2021

345) Lilith, a Soberana das Sombras

 


A Lilith é um dos arquétipos mais interessantes e complexos da psique e da natureza. Segundo seu mito mais conhecido, ela é a primeira esposa de Adão que não se subordina e, portanto, é expulsa e substituída por Eva. 

Desde então, ela se transformou num demônio que invade o sonho de homens e mulheres causando orgasmos involuntários. Ela também aparece como a polaridade compensatória de tudo o que está na luz (Consciência). Sendo a Soberana da Noite. 

Todas as histórias em volta dela revelam uma característica essencial: ela não se subordina e paga o preço por isso. Não subordina seus desejos mais caros. Assim como a natureza não se subordina às tentativas de a ciência dominá-la.  

Ao mesmo tempo, em nós, ela representa também conteúdos reprimidos que sairão da escuridão em algum momento. Como excessos que compensam a repressão, por exemplo. Mas antes de se tornar um demônio e personagem do velho testamento, ela era o espírito do vento na Suméria (atual Iraque). Ela era Kali, a face terrível da natureza. Ela era a face negra da Lua. 

Então o podcast Benzadeusa está fazendo um ano este mês e suas criadoras, Maria Marta Stopa e Taiu Tremonte, resolveram nos presentear com suas sábias conversas. 

E a primeira é sobre a Lilith, Soberana das Sombras! E eu, Manika, estava lá com elas, reverenciando este arquétipo feiticeiro! Na bio da página delas você acessa o link do podcast. Ou clicando aqui. 

@benzadeusa.podcast @mariamartasc @taiutremonte  

#Lilith #Kali #Hécate #Benzadeusa #SoberanaDasSombras #Podcast

#Jung #BarbaraKoltuv #Campbell #LuaNegra 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

353) Centenário de Paulo Freire

  Centenário de Paulo Freire   Há cem anos, em 19/09/1921 nascia Paulo Freire em Recife. Agora em 2021 comemoramos o Centenário deste gra...