28 de jun. de 2021

316) Você Joga o Triângulo Dramático?

 


Você joga o Triângulo Dramático ou de Karpman?

Mônica Clemente 

Neste vídeo no meu canal do youtube, eu explico um pouco sobre como o Triângulo Dramático atua.  Mas ainda vou explicar mais algumas de suas dinâmicas: 

Ele é um jogo psicológico que muitos de nós joga ou é “convidado” a jogar sem perceber o estrago que fará nas relações. Por isso, é bom conhece-lo para evitar os danos que pode causar. 

Cada vértice do triângulo tem um papel que se retroalimenta com os outros dois. A vítima, o perseguidor e o salvador. De fato há vítimas, algozes e ações salvadoras, mas Karpman está falando de um jogo no qual assumimos estes papeis porque eles nos dão um ganho secundário.  

A vítima encontra desculpas para sua falta de iniciativa, o perseguidor encontra um saco de pancada para a sua raiva e frustração e o salvador pensa escapar das suas dores tentando moldar o mundo às suas expectativas.  

Como diz Mimansa, nossa mestra na Constelação Familiar, saímos do triângulo quando renunciamos a qualquer um destes papeis e vamos para o centro, nosso centro.  

E como diz Bert Hellinger, “No centro sentimos leveza”  

Há ainda outras maneiras de lidar com ele, como explico aqui e aqui. 

É importante destacar que todos os jogadores do triângulo dramático fazem os três papeis, mesmo que aparentemente se cristalizem em um deles.

Sair deste jogo não significa excluir quem joga, mas tentar outro caminho para construir uma nova relação, sem cair no papel do salvador, vítima ou algoz.  

Qual dos papeis você se vê fazendo mais? Qual isca consegue jogar você dentro do jogo? Quais as suas estratégias para não entrar neles? 

Quer aprender mais sobre ele? A psicóloga Regina Silva @at.praxis introduz este jogo no curso AT101. Se quiser informações, o Contato dela é (11) 99111-7136

 

#triângulodramático

#triângulodekarpman

#vítimaPerseguidorsalvador

#AnáliseTransacional

#EricBerne #AT101

#nocentrosentimosleveza

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

334) O Pendurado e o Chamado às Raízes

    Um dos arquétipos que eu mais gosto é o Pendurado, a carta 12 do Tarot de Marselha. “Le Pendu” aparece com um homem de cabeça para bai...