27 de jun. de 2021

307) Como descobrir se atuamos como namorada ou mãe do parceiro?

 



O Hellinger, criador das Constelações Familiares, perguntava em seus seminários: Alguém tem um assunto para constelar? As pessoas levantavam a mão e ele escolhia alguém. Uma delas sentou-se ao seu lado e disse:

- Eu quero constelar relacionamentos amorosos.

O Hellinger disse: você não tem um relacionamento.

Como ele sabia? Ela falou no plural, “Relacionamentos de casal”. Se temos uma relação sabemos que ela basta. E ela queria uma constelação para ter um namorado. Como alguém consegue uma relação sozinho? Essa foi a Constelação Familiar mais rápida que vi.

Sobre querer uma relação fazendo tudo sozinha/o, tem outra constelação com o Hellinger. Ele pergunta:

- Quem quer constelar sua relação de casal?

Uma pessoa levanta a mão e ele pergunta: quem é o seu parceiro/a?

A pessoa disse: não tenho!

O Hellinger respondeu: então como você vai constelar uma relação de casal? E continuou: algum casal quer constelar sua relação?

A esposa do casal escolhido se levanta, puxa o braço do marido e o leva até o palco como quem puxa um filho birrento.

Quando sentam, o Hellinger diz: esta relação não tem solução. Vocês podem sentar.

A esposa e o público ficam chocados. O homem levanta a cabeça, fica de pé, dá a mão para a esposa, espera ela se levantar e ficar ao lado dele para irem embora juntos.

A Constelação trovão parecia que tinha dado certo para todo mundo que os via descendo do palco em harmonia, como adultos numa relação de casal.

Neste vídeo aqui as meninas escolhem seus parceiros. E vemos que alguns meninos sabem quem eles querem.

Sim, funciona quando as mulheres e os homens escolhem quem querem. Há também algumas meninas tratando o menino como uma mãe, puxando-o como uma criança que aceita este puxão. (Poderia ser o menino puxando, como um pai)

E tem um menino recusando todas as meninas, à espera da sua amada. Quando chega a hora dela escolher, vem correndo, mas só até emparelhar com ele, de onde caminham juntos, lado a lado e sorridentes.

Mônica Clemente (Manika)


#RelacionamentoDeCasal #OrdensDoAmor #ConstelaçãoFamiliar #Familienstellen #OAmorPodeDarCerto

Nenhum comentário:

Postar um comentário

393) O Triângulo Amoroso e o Despertar dos Amantes - Live

  O Triângulo Amoroso e o Despertar dos Amantes Live com Elisabeth Battista e Mônica Clemente   A maioria dos romances de cinema começ...