19 de dez. de 2020

233) O Convite da Jornada do Herói

 


Texto Publicado no nosso outro blog Cinema e Constelação Familiar está com os links dos filmes e uma pequena entrevista com o Joseph Campbell

A Jornada do Herói acontece quando a vida nos convida para sair do mundo conhecido para outro mundo, onde podemos nos desenvolver de verdade.

Geralmente não é uma escolha, mas um empurrão. Por exemplo: alguém se prepara para uma carreira e, de repente, engravida, ou não passa no vestibular, ou precisa aceitar outro trabalho por questões de sobrevivência etc..

Ou a pessoa tem problemas com seus pais (Como no filme “A Partida”), no casamento (como em “Thelma e Louise” ou “Sob o Sol da Toscana”), ou com seus filhos (“A Chegada”), e algo a leva para uma nova vida, não desejada, mas que a transforma em Si Mesma.

Esta pessoa terá que adiar ou esquecer o mundo desejado para dar conta da nova realidade, como aconteceu com Luke Skywalker, no Guerra nas Estrelas número 4 (que na verdade é o primeiro filme da série lançado em 1977). 

Ele trabalhava num depósito de robôs velhos quando encontrou o simpático robozinho R2-D2 com a mensagem holográfica da Princesa Léa pedindo socorro. Ele foi ajudá-la e acabou virando um Jedi, guardião da paz, da justiça e do lado Luz da Força.

Então, depois de 12 estágios de transformação, como descobriu o mitólogo Joseph Campbell, o herói retorna ao mesmo ponto, mas agora capaz de realizar seus sonhos a partir de quem é de verdade.

Alguns recusarão o chamado. Outros não poderão recusar. Há os que vão reclamar por anos, sem ver nem agradecer o que estão conquistando. 

E têm os que vão honrar e agradecer a virada que a vida deu, porque sem ela não teriam chegado mais perto de quem são, nem desenvolvido sua força Jedi. 

Como Campbell dizia sobre a Jornada do Herói recorrente nos mitos clássicos: 

"O chamado à aventura significa que o destino convocou o herói e  transferiu o seu centro espiritual de gravidade do âmbito da sociedade para uma região desconhecida.  

Essa região profética de tesouros e perigos pode ser representada de várias formas: como terra distante, uma floresta, um reino subterrâneo, um local situado sob as ondas do mar ou acima do céu, uma ilha secreta, um imponente pico de montanha, ou um profundo estado onírico.  

Mas é sempre um local habitado por seres estranhamente fluidos e polimorfos, de tormentos inimagináveis, de feitos sobre-humanos e de prazeres impossíveis." 

#JosephCampbell #JornadaDoHerói #LukeSkyWalker #StarWars 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

246) Mitologia e Constelação Familiar em Orestes

  Oreste et les Furies - Jacques Francois Ferdinand Lairess             Vou falar de uma temática que amo, a interface entre a mitologia e a...