30 de jul. de 2020

162) O Tempo é Mais do Que Ponteiros





Se tem uma coisa que impaciente sabe e valoriza é o tempo.

Se ele erra ao imaginar que todos têm noção desta imensa oportunidade que nos é dada, o tempo, ele acerta ao entender o valor de algo que nos é desafiado a cada instante: a presença.

O impaciente também erra ao achar que todos têm que andar no ritmo dele e erra ao não deixar claro que o seu maior apreço é o tempo que tem. Um bom impaciente diz logo a que veio. 

Quem conviveu com pessoas que morreram muito jovens e cheias de vida, lembram que elas eram, possivelmente rápidas e muito eficientes, porque sabiam do tempo que tinham e precisavam viver o máximo que podiam. 

Brené Brown agradece às pessoas que assistem suas palestras, reconhecendo o valor daquele investimento de tempo.

Quando cheguei pela primeira vez no meu psicanalista Eugenio Davidovich ele me disse: você tem tempo para perder?

- não!
- Nem eu!

Por isso não faço uso inadequado de WhatsApp, ele não poupa tempo das pessoas igualmente. Ele rouba tempo de alguém para outro não perder seu tempo. 

Também não gasto meu valioso tempo com papo furado, só se me fizer rir. Porque aí é meditação. Riso é trampolim para outras dimensões.

Como usar o tempo?

Na Idade Média usava-se o tempo para se conectar com tudo. Corpo, energia e valores ainda andavam juntos. Não vivemos lá, mas podemos usar o tempo em Uníssono com o que estamos fazendo, com quem somos e com quem nos relacionamos. Isso exige de nós escolhas.

Marte está em Áries e ficará lá até janeiro d de 2021 nos dizendo para valorizar o nosso tempo. E em algum momento vai encontrar Plutão no caminho para dizer que não bastar valorizar o tempo, o coração sofre se a mente está atrás do que não mais faz sentido. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

180) Os Estágios da Anima e do Animus

  Reconhecemos um navio porque ele já estava na gente como modelo. Da mesma maneira, um homem enxerga uma mulher, e vice-versa, com modelo...