9 de mai. de 2020

138) A Mãe e as Deusas



FELIZ DIA DAS MÃES
10-05-2020


Se os arquétipos povoam o psiquismo, então cada criança percebe sua mãe com seus modelos interiores e pelas próprias ações dela.

A Mãe afinada com o arquétipo da Deméter é o paraíso: acolhe e ajuda a todos em seu coração generoso. Se cai em sua sombra, doa desmedidamente e fica rancorosa. Vive através dos filhos, para nunca ficar sozinha, e faz isso fingindo negar seu maior potencial: o amor. Crianças afinadas às deusas autônomas podem subestimar o que elas fazem.  Crianças de bem com a Deméter serão amorosas.

A Mãe Afrodite nos apresenta o mundo como um lugar vibrante, cheio de possibilidades. Na sombra, compete com as filhas e seduz seus filhos. Numa separação, os esquece por homens crianças. Filhos/as afinados com a Afrodite serão bem felizes!  Aqueles que esperam da mãe uma santa doadora, serão seus juízes mais ferozes.

A Mãe Artêmis é brincalhona, cheia de energia positiva. Muitas vezes assume as responsabilidades paternas, por abandono ou perda do cônjuge. Trabalha muito, dentro e fora de casa, estimula a vida saudável e luta por igualdade. Se cai na sombra, briga com os homens, ensina as filhas a não depender deles e os acha fracos. Filhos sintonizados com este arquétipo vão adorar a independência aprendida. Filhos com outras necessidades maternas sentirão solidão e medo.

A Mãe Athena é uma mentora. Podemos confiar nela para o que der e vier. Na sombra ela odiará ser “só” esposa, e fará os filhos acreditarem que atrapalharam a sua carreira. Um/a filho/a de bem com Athena se sente apoiado. Os mais desconfortáveis a acharão mandona e fria.

A Mãe Perséfone é carinhosa, profunda e compreensiva. Na sombra, tudo é culpa da mãe e do marido. Age como a irmã mais nova dos filhos e exige cuidados deles. O/a filho/a sintonizado com ela crescerá sábio, já os que não se afinam a acharão fraca.
A Mãe Hera é toda dos seus filhos, marido e trabalho. Na sombra, o reino do pai jamais encontra o reino dos filhos. Ela comanda e joga um contra o outro. Filhos sintonizados com Hera têm autoestima. Já os que a desafiaram terão problemas.

Afinados ou não com a nossa mãe, o arquétipo que a inspira não a torna uma deusa. Ela é a mãe certa e deu mais do que o suficiente para cada filho! Isso é um aforismo que realizamos já adultos, depois de fazer as pazes com a vida e tudo o que aconteceu.

Obrigada, mamãe! Te amo!




Nenhum comentário:

Postar um comentário

180) Os Estágios da Anima e do Animus

  Reconhecemos um navio porque ele já estava na gente como modelo. Da mesma maneira, um homem enxerga uma mulher, e vice-versa, com modelo...