5 de jun. de 2019

90) Turning Points with no return - Viradas sem retornos




O turn point é aquela parte dos roteiros na qual não podemos mais voltar. Pode ter sido um evento que se abateu sobre o protagonista, sem que ele tenha qualquer participação anterior, mas deste ponto em diante, tem! Ou é a consequência dos seus atos e até a escolha de ir para Toscana deixando um marido infiel com suas mesmices.

Daquele ponto em diante ele vai se transformar na luta (em vão) de voltar ao estado anterior, que na verdade o leva à outra forma de estar no mundo. Tudo o que não sabia sobre si mesmos virá à tona porque o desconhecido em si será forçado a ajuda-lo!

Aí chega o segundo turn point, neste ele vislumbra o que perdeu, mas terá que acessá-lo completamente diferente do que era. Do pintor que ficou daltônico até  descobrir uma nova obra feita em tonalidades de preto e branco, houve luta, desespero e perda da fé até o êxtase do descobrimento de sua nova fase como artista.

As protagonistas do filme Thelma e Louise estavam infelizes no casamento e decidem viajar juntas num final de semana. No caminho, uma delas sofre uma violência e para se defenderem tomam uma decisão radical. Este é o primeiro turn point delas. Algo as arrebatou para uma direção completamente diferente de tudo o que viveram até aquele momento.

Elas fogem da polícia e neste percurso descobrem coisas sobre si mesmas que nunca souberam viver. A mais submissa descobre sua força, raiva e foco, a mais velha que tinha ainda muito o que viver. No caminho encontram um forasteiro que as prejudica novamente, segundo turn point, mudando todos os seus planos de fuga.

Agora elas só têm duas opções, se entregar para a polícia e serem condenadas pela agressão que sofreram, voltando para aquela vida que já não cabiam mais, ou seguir em frente, mesmo que o horizonte fosse um abismo.

O mesmo abismo de todas as conquistas que ainda não conseguimos para viveremos mais felizes em sociedade. Ou o abismo do desconhecido que saltamos e, graças a nossa coragem, criamos asas.

Todos nós temos estes momentos de viradas sem retorno – turning points with no return – que nos levaram além do que pensávamos que éramos. Quais foram os seus turning points e o que eles revelaram sobre você?


Nenhum comentário:

Postar um comentário

103) O Pai e o Mundo

O PAI E O MUNDO O Pai nos prepara para o Mundo, mas qual mundo? O mundo terreno, do aqui e agora. Das possibilidades reais. Com o ...